As torneiras eletrónicas são cada vez mais utilizadas em locais públicos devido ao potencial de redução do consumo de água, mas a necessidade de existir um ponto de energia elétrica para a instalação muitas vezes limita o aproveitamento dessa solução.

ta1

A torneira para lavatório de bancada Decalux Save da empresa Duratex foi desenvolvida com o propósito de oferecer uma solução que colmate essa limitação. O equipamento conta com uma microturbina capaz de gerar energia limpa necessária para o seu funcionamento, mesmo a partir de uma pressão baixa (a partir de 4 l/min). Durante o desenvolvimento do produto, que levou cerca de dois anos, o maior desafio foi justamente adequar o funcionamento do hidrogerador às condições brasileiras de baixa pressão. Em latão cromado, o equipamento lançado em 2013 funciona a uma pressão de serviço de 20 kPa a 400 kPa e com um sistema eletrónico de baixa potência com dupla proteção elétrica.

Devido à tecnologia utilizada, a torneira dispensa ligação à rede elétrica e não depende exclusivamente da energia de pilhas ou baterias – a energia é acumulada em condensadores na placa de comando, sendo armazenada para utilizações seguintes até duas horas em regime de espera. A partir desse tempo, com o descarregamento dos condensadores, a energia para voltar a ligar a torneira é retirada das baterias de backup (duas pilhas tipo AA). Segundo o fabricante, numa situação de utilizações frequentes, dificilmente as baterias de backup são necessárias, sendo somente imprescindível a sua troca por atingir o limite da sua vida útil, o que pode ocorrer somente a cada sete ou dez anos.

Com funcionamento por sensor ótico associado a um arejador de vazão constante anti-vandalismo, a torneira é capaz de economizar cerca de 70% de água quando comparada a torneiras convencionais, segundo o fabricante. Exemplares da Decalux Save já foram instalados em alguns empreendimentos de uso público, como no recentemente construído Estádio do Palmeiras (Allianz Parque), em São Paulo.