As Smart Grids são redes de eletricidade baseadas em tecnologia digital. Uma característica importante destas redes é a capacidade de armazenarem energia, o que torna viável a utilização quase a 100% das energias renováveis, como a energia solar e eólica (que são bastante variáveis com o tempo). Além disto, as Smart Grids têm a capacidade de se reparar, resistir a perdas de eletricidade e informar os consumidores sobre o seu uso energético, o seu custo e opções alternativas, permitindo assim que estes possam fazer escolhas mais sustentáveis. Assim, as Smart Grids são uma opção confiável, sustentável e resistente a nível de produção de energia para as Smart Cities. smartgrid-foto-1 Algumas das características geralmente atribuídas às SmartGrid são:

  • Autorecuperação: capacidade de automaticamente detetar, analisar, responder e restaurar falhas na rede;
  • Envolvimento dos consumidores: habilidade de incluir os equipamentos e comportamento dos consumidores nos processos de planeamento e operação da rede;
  • Tolerância a ataques externos: capacidade de mitigar e resistir a ataques físicos e cyber-ataques;
  • Qualidade de energia: prover energia com a qualidade exigida pela sociedade digital;
  • Acomodar uma grande variedade de fontes e necessidades: capacidade de integrar de forma transparente (plugand play), uma variedade de fontes de energia de várias dimensões e tecnologia;
  • Reduzir o impacto ambiental do sistema produtor de eletricidade, minimizando perdas e utilizando fontes de baixo impacte ambiental;
  • Resposta à necessidade mediante a atuação remota em dispositivos dos consumidores.

Links: http://www.cpfl.com.br/energias-sustentaveis/sites-tematicos/smart-grid/Paginas/default.aspx https://www.youtube.com/watch?v=FIA35cMA_tw