Foi desenvolvida na Universidade Nova de Lisboa, uma solução inovadora para reforço estrutural que permite resolver os inconvenientes característicos dos métodos mais usuais e, ao mesmo tempo, tirar partido de grandes vantagens como a Facilidade de aplicação, Versatilidade, Excelente desempenho e Economia da quantidade de material de reforço utilizada.

  • Facilidade de aplicação: Depende apenas da execução de alguns furos no elemento a reforçar e da aplicação de um agente de colagem (resina epoxy) e respetivas armaduras de reforço.
  • Versatilidade: Adapta-se a diversos tipos de elementos estruturais (arcos, vigas, pilares, lajes, fundações, paredes, entre outros – Figura 1) e é aplicável em qualquer estrutura que necessite de aumentar a sua capacidade resistente.
 create-foto-1 
  • Excelente desempenho: Relativamente aos métodos tradicionais, melhora significativamente o desempenho à flexão e ao esforço transverso do elemento estrutural reforçado, permitindo obter aumentos consideráveis de cargas aplicadas até ao respetivo colapso.
  • Economia/Otimização da quantidade de reforço aplicada: Permite aproveitar a totalidade da resistência do material de reforço, o que se torna impossível nas técnicas mais usuais que não utilizam dispositivos mecânicos para fixação/ancoragem.

A técnica CREatE utiliza materiais de reforço metálicos ou outros pré-fabricados de elevada resistência (fibra de carbono, de vidro, de basalto, etc.) em forma de laminados, barras ou varões, cujas extremidades são ancoradas ao elemento estrutural através de furos previamente executados e preenchidos com resina epoxy (Figuras 2 e 3).

create-foto-2
Links:
https://www.youtube.com/watch?v=mBaDQnaBrb4&feature=youtu.be
http://docentes.fct.unl.pt/cmcr/pages/new-strengthening-system