Seguindo a tendência de outros mercados, a utilização de materiais e produtos reaproveitáveis pelo mercado da construção civil assume já uma fatia considerável. Do Canadá surgiu a ideia de reaproveitar um contentor e convertê-lo numa piscina. Esta ideia, além de ser financeiramente atrativa, permite construir uma piscina na sua casa numa questão de horas.

A “Modpools”, uma empresa canadiana, decidiu desenvolver esta ideia, aproveitando as características que um contentor apresenta (rigidez estrutural, formato e dimensões) e transformando-o numa piscina. Além disso, incorporou um sistema de aquecimento que garante aumentar a temperatura da água até uns agradáveis 30ºC no espaço de uma hora, mesmo que a temperatura atmosférica no exterior seja de -10ºC, sendo que é possível acionar este sistema através de uma aplicação do seu smartphone.

Foto 1

As piscinas de Modpool estão disponíveis no mercado em dois tamanhos: 2,4 × 6 metros e 2,4 × 12,2 metros, apresentando ambos os modelos uma profundidade de 1,35 metros. Além disso têm uma banheira de hidromassagem incorporada, tudo isto por um valor cerca de 50% do custo de uma piscina convencional, encontrando-se o preço base a rondar os 24.000 euros.

Veja o vídeo abaixo:
https://www.hiper.fm/piscinas-feitas-partir-contentores-reciclados-montam-minutos/

Sites pesquisados:
https://www.idealista.pt/news/imobiliario/internacional/2017/05/02/33346-piscinas-em-contentores-que-se-montam-em-minutos-o-ultimo-grito-da-reciclagem